Mais de 224 mil pessoas assinaram a petição em defesa da Farmácia

As entidades promotoras da acção de sensibilização “Farmácia de Luto” revelaram o sucesso da iniciativa na Reunião Magna da Farmácia, no Campo Pequeno, em Lisboa, entre mais de seis mil pessoas. No final, os participantes dirigiram-se numa marcha até ao Ministério da Saúde onde entregaram ao titular da respetiva pasta a petição. 

O sector de farmácias era um sector de excelência até há quatro anos

João Cordeiro, da Associação Nacional de Farmácias, refere que os farmacêuticos se sentem compensados pela credibilidade que alcançaram e pela confiança da população.

Os Jovens Farmacêuticos estão de luto

Duarte Santos, da APJF, refere que o desrespeito por quem trabalha honestamente tem limites e a crise não pode ser desculpa para destruir o que funciona bem em Portugal.

O contributo das farmácias deve ser valorizado

Sónia Correia, do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos, apela às entidade institucionais competentes a legislar nesse sentido. 

Os estudantes são o futuro de qualquer profissão

Teresa Torres, APEF: “E é por isso que estamos aqui hoje. Enquanto futuro deste sector não podemos ficar indiferentes ao luto”. 

Carlos Maurício Barbosa: o contributo dos farmacêuticos

O Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos lembra que os farmacêuticos portugueses têm participado na primeiríssima linha do desenvolvimento do SNS.

Reunião Magna da Farmácia prestes a começar

Manifestação de solidariedade não tem precedentes na sociedade portuguesa.

Farmácias de luto e porquê?

11.10.2012 | Fonte: Diário As Beiras - Artigo de Paulo Fonseca, Presidente da Direção Regional de Coimbra da Ordem dos Farmacêuticos: "São 600 Farmácias que correm o risco de fechar em 2013. São 1.131 Farmácias que têm fornecimentos suspensos. Há 235 milhões de euros de dívida litigiosa a correr nos Tribunais. Este ano, prevê-se que numa Farmácia média os resultados líquidos sejam negativos na ordem dos 40 mil euros…"

Setor da farmácia prepara cortejo até ao Ministério da Saúde

11.10.2012 | Fonte: Diário do Minho - Cerca de 3.500 pessoas do setor das farmácias vão realizar, no sábado, um cortejo desde o Campo Pequeno até ao Ministério da Saúde, onde pretendem entregar a petição que defende a alteração da política do medicamento.

Farmácias estão de Luto e lutam contra o risco de fechar as portas

12.10.2012 | Fonte: Notícias de Penafiel - As Farmácias estão de Luto, por todo o país pode ler-se nas montras das farmácias o protesto. Proprietária da Farmácia Mota Torres (Rio Mau) teme ter que fechar as portas.

Farmácias na rua

11.10.2012 | Fonte: Correio da Manhã - Cerca de 3500 pessoas do sector farmacêutico realizam sábado um cortejo até ao Ministério da Saúde, onde pretendem entregar uma petição.

João Cordeiro encabeça cortejo de protesto

11.10.2012 | Fonte: Jornal de Notícias - O setor das farmácias promove sábado um cortejo desde o Campo Pequeno até ao Ministério da Saúde, em Lisboa, encabeçado pelo líder da Associação Nacional de Farmácias, João Cordeiro.

Páginas