Quero deixar aqui a minha indignação  por tudo o que se está a passar com as farmácias e não só – com o que se está a passar no país! É uma vergonha para todos os políticos que nos desgovernam desde o 25 de Abril. Vamos denunciar todos estes casos e não vamos deixar fechar as farmácias e as empresas que estão na iminência de fechar.
Domingos Antonio Rato Félix, 8 Outubro 2012
Espero que não seja fechada nenhuma farmácia, pelas pessoas que iriam ficar sem emprego e também por todos os portugueses que precisam de medicamentos. Apelo ao NÃO ENCERRAMENTO DAS FARMÁCIAS PORTUGUESAS.
Lígia Abreu Corte, 8 Outubro 2012
 Venho por este meio mostrar a minha indignação e revolta pelo o que o Governo está a fazer  às farmácias. É a fecharem as farmácias que vamos recuperar a economia? Esquecem-se que é nas farmácias que o povo, rico ou pobre, vai comprar os seus medicamentos , entre outros bens necessários ao nosso bem estar e saúde. BASTA. Eu sou doente crónica e, como eu há milhares. Como vai ser o nosso futuro? 
Maria João, 8 Outubro 2012
Se o Governo quer desenvolver a economia e criar condições para que a saúde pública e todos os seus utentes sejam beneficiados, não pode fechar os olhos ao que se passa com as farmácias em Portugal. Não é com politicas que poderão levar ao encerramento de inúmeras farmácias que se consegue salvaguardar o serviço público e nacional de apoio a todos os utentes das mesma, nomeadamente os mais carenciados.
Hernâni Manuel Santos Leitão, 7 Outubro 2012
Peço aos nossos governantes para refletirem sobre as farmácias. Fechar para quê? Para que os utentes tenham menos acesso aos medicamentos, ou para fechar os olhos mais depressa? Este ano festeja-se o ano  do idoso para quê?
Altino Rodrigues de Jesus, 6 Outubro 2012
Nem tanto, nem tão pouco. Se as farmácias foram em tempos um negócio de ouro, não há razão para que agora tenham margens de lucro tão baixas, que algumas sejam obrigadas a fechar. Algo vai mal - muita coisa vai mal - neste nosso querido país. Esperemos que os governantes vão olhando para este e outros aspectos que asfixiam a nossa economia. Só restrições financeiras não chegam. É preciso relançar a economia.
Maria de Lourdes Lopes Dias, 5 Outubro 2012
Estou inteiramente de acordo com o movimento a favor da defesa das farmácias e contra todas as medidas que o Governo quer impor e que contribuem para o encerramento das farmácias. ISTO É UMA VERGONHA.
Marilia Diegues dos Santos Marinho, 5 Outubro 2012
A minha farmácia está de luto e eu só posso estar com ela e com as pessoas que lá trabalham. A Minha farmácia não pode fechar, já me conhecem, é lá que peço conselhos, as farmácias estão perto da população, são os nossos anjos quando estamos em aflição. O que o Governo está a fazer é vergonhoso. Este Governo está a matar o povo Português.EU ESTOU DE LUTO POIS NÃO QUERO PERDER A MINHA FARMÁCIA.
Maria Cerqueira Fernandes, 5 Outubro 2012
As farmácias são estabelecimentos comerciais muito específicos. Como tal o Governo tem de tomar medidas para evitar que algumas farmácias não entrem em falência. Está nas mãos dos governantes essa decisão.
Marcos Infante, 5 Outubro 2012
O Governo decidiu, sem olhar a meios e consequências, diminuir o gasto com medicamentos. E o que acontecerá aos idosos com doenças crónicas e sem possibilidade de se deslocarem? Morrerão por falta de assistência farmacêutica? O Governo depois tem menos despesas pois não terá tantas reformas para pagar uma vez que entretanto já morreram muitos idosos! SIMPLESMENTE MACABRO.
Maria Mendes Pereira, 5 Outubro 2012

Páginas