É degradante a situação das Farmácias Portuguesas e a consequente humilhação do doente. Não bastasse o desemprego, os impostos abusivos, o deficiente atendimento dos serviços médicos, a vergonhosa ajuda económica que, em alguns casos, até é nula, convite à emigração, e por aí vai o mísero cortejo… e ainda querem fechar as Farmácias???
Maria de Fátima Gonçalves, 29 Setembro 2012
Fechar farmácias não é solução, só vai piorar o desemprego no nosso pais. Mas não é só isso que está em causa, também os utentes vão ser prejudicados. Os medicamentos são, em muitos casos, para não dizer em todos os casos, um salva vidas. Não deixem que isso aconteça, pensem nos seres humanos que muitas vezes não têm meio de transporte para ir a uma farmácia mais longe, porque a que tinham ao pé da porta fechou. Não permitam que fechem as farmácias.
Cris Nogueira, 29 Setembro 2012
Não queremos que as Farmácias Portuguesas encerrem, acho que é um abuso enorme para os nossos idosos que ainda se podem mover e ir à sua farmácia mais perto. Daqui algum tempo se elas fecharem já não o poderão fazer. Há pessoas que não tem transportes para irem a Farmácias que estão longe e por isso não podemos deixar que fechem.
João Abrantes, 30 Setembro 2012
Nestes últimos oito anos temos sido autenticamente perseguidos pelos governos. Neste momento, temos até medo de vender. Se a nossa margem não for aumentada novamente muitas farmácias irão fechar as portas, a industria poderá retirar-se do país, e o povo pode querer ter acesso a medicamentos e não conseguir, como está a acontecer na Grécia.  HÁ MUITO TEMPO QUE DEVIAMOS TER FEITO LUTO!! PODE UM GOVERNO LEVAR Á FALÊNCIA PEQUENAS EMPRESAS QUE NO SEU CONJUNTO GARANTEM DIRECTA OU INDIRECTAMENTE O SUSTENTO DE MAIS DE 100 000 FAMILIAS DESTE PAÍS!?
Beatriz Carvalho, 30 Setembro 2012
Estou desde 2001 a tomar antidepressivos. Quando acabaram com as portarias fui obrigada a parar com a medicação. Estou desempregada e tenho um filho com esofagite que precisa de medicação diária, bastante cara para poder comprar. Perdida como eu estão muitos e a saúde fica de lado. É vergonhoso o que se esta a passar.
Maria Paredes, 30 Setembro 2012
Estou inteiramente solidária com o movimento a favor da defesa das farmácias e contra todas as medidas que parecem empenhadas em levar à destruição deste verdadeiro serviço público.
Maria Isabel Martins, 30 Setembro 2012
No meu entender o que se tem visto é uma deterioração contínua de todos os sectores da economia portuguesa… chegar-se ao patamar de fechar farmácias em catadupa não lembra nem ao diabo. Aconteceu terem recuado com a Taxa Social Única. Estou plenamente convencido que recuarão também com o fecho das farmácias.
Carlos Alberto Simões, 28 Setembro 2012
Se assim continuar vamos andar km para encontrar  o nosso medicamento...vamos voltar ao passado. Isto é uma vergonha.
Alexandra Ferreira, 28 Setembro 2012
Acabei de assinar a petição e já mais de 6.000 cidadãos o fizeram. Um verdadeiro movimento na defesa da minha farmácia. Eu não quero que a minha farmácia encerre. Há tanta coisa que não nos faz falta que continua a ser apoiada pelo Estado e depois o que precisamos deixamos morrer? Há alguma racionalidade? Haja bom senso.
José Pedro Saraiva, 28 Setembro 2012
Venho por este meio, como cliente da farmácia de Gondar e residente em Gondar protestar e fazer-me ouvir acerca do assunto mais falado: "Farmácia de Luto". É inadmissível se isto acontece numa farmácia como a de Gondar, pois é a única farmácia que existe nesta freguesia. Em casos de urgência pessoas que não tenham transporte como vão se deslocar até à próxima farmácia?
Carina Gomes Garcia, 28 Setembro 2012

Páginas